O que é culto ecumênico?

Tempo de leitura: 3 minutos

As formaturas não são apenas aquele momento de escolher uma roupa de gala, dançar até o pé doer e registrar a felicidade em selfies divertidas. Tudo isso, é claro, faz parte da comemoração e é bastante divertido. Contudo, é preciso separar um tempo para agradecer a Deus pela saúde e pela vitória na conclusão de mais uma etapa importante em sua vida. Por isso os cultos ecumênicos são tão necessários quanto a colação de grau.

Mas você sabe o que é um culto ecumênico?

A palavra ecumênico vem do vocábulo grego oikoumene. Esse termo tem origem na expressão oikos cujo significado é casa, lugar onde se vive, local em que a pessoa desenvolve a vida doméstica e onde todos têm um mínimo de bem-estar.

Conceito atual

Os dicionários mais atualizados têm na palavra ‘ecumênico’ o conceito de algo que abrange todos os seres vivos; caráter universal, em todo o planeta.

No aspecto da religião, o culto ecumênico simboliza a celebração das três principais religiões no Brasil: catolicismo, protestantismo e o espiritismo; uma forma de contemplar todos os estudantes.

Como realizá-lo?

Para realizar o culto ecumênico é preciso que a comissão de formatura convide os representantes das três religiões. A cada momento, os membros das referidas doutrinas celebram os ritos que simbolizam a fé.

No entanto, é de bom tom que haja um roteiro pré-estabelecido para que tudo saia perfeitamente bem. Uma dica é tentar fazer um levantamento sobre quantos são os formandos de cada religião. Para que não haja nenhum conflito (na ordem das celebrações) de interesses, é aconselhável que os integrantes da comissão deixem tudo acertado previamente com os alunos.

Onde realizar o culto ecumênico?

Muita gente vive com dúvidas em relação a isso, mas a resposta é simples: em nenhum lugar que pertença a essas denominações religiosas. Uma dica é celebrar no auditório da faculdade. Caso as instalações do prédio não suportem um número elevado de pessoas, então a melhor maneira é fazer o culto ecumênico em algum outro local que dê para os convidados e estudantes celebrarem.

Realização culto ecumênico

O que não pode faltar?

A resposta para aquilo que não pode faltar em um culto ecumênico é apenas uma palavra, que deve ser a tônica em qualquer relação interpessoal e, obviamente, com tudo: respeito.

Lembre-se que ali estarão crenças e tradições que se referem aos costumes de seus colegas de sala e até amigos. Quando se sabe respeitar as diferenças, tudo flui muito bem.

E quem não participa do culto ecumênico?

A não participação do culto ecumênico não implica em absolutamente nada. É importante lembrar que os alunos devem ir de forma espontânea. Da mesma forma, vale reiterar que nem todos seguem uma religião ou não têm a mesma fé que você. É preciso respeitar.

Nesse caso, a presença do aluno pode se dar somente na colação de grau e no baile de formatura. O culto ecumênico é algo simbólico para quem tem necessidade de um momento de agradecimento.

Quer saber mais sobre o universo de formatura? Fique ligado em nosso blog!

Deixe aqui seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *